quero falar com um especialista

8 riscos que toda empresa deve enfrentar em sua jornada digital

A transformação digital da economia global continua a ser uma evolução cada vez mais rápida das formas como conduzimos os negócios, o trabalho e a vida. O maior desafio que as organizações devem enfrentar de agora em diante será simplesmente manterem-se atualizadas e informadas quanto à evolução dos risco cibernéticos.

Entenda as ameaças e saiba como enfrentá-las de maneira proativa:

Tecnologia

Abraçar a transformação digital cria oportunidades de evolução sem precedentes, mas também estabelece novos riscos que devem ser avaliados e gerenciados. Ativos de informação são um dos bens mais valiosos para clientes e empresas. Por isso, as organizações devem avaliar cuidadosamente esses novos riscos digitais à medida em que adotam novas formas de fazer negócios.

Cadeia de Fornecimento

As companhias constroem cadeias de suprimentos globais cada vez mais complexas. A rápida expansão de dados operacionais em nuvem e a dependência de fornecedores/prestadores de serviços terceirizados apresentam aos hackers novas possibilidades de ataques. As consequências continuam crescendo à medida que as empresas violadas são legalmente responsabilizadas.

Internet das Coisas

Os dispositivos conectados estão em toda parte e representam um risco de segurança em potencial. A maioria das empresas não monitora de forma segura celulares, tablets, sistemas de conferência, câmeras de segurança, impressoras, sensores e controles de automação predial. E com a chegada do 5G, a combinação de redes mais rápidas e dispositivos vulneráveis pode abrir as portas para ameaças mais destrutivas.

Operações Comerciais

Cada vez mais, as empresas utilizam a tecnologia para realizar operações críticas do dia-a-dia. Essa confiança pode criar risco terrivelmente desproporcional de paralisação operacional. Malwares podem desativar os sistemas de produção. Ransomwares podem sequestrar dados da empresa e travar operações. Um impacto que pode ameaçar a continuidade dos negócios, sendo fundamental que as empresas estejam preparadas para enfrentar esta situação.

Funcionários

Seja por conduta maliciosa ou negligente, funcionários continuam entre as causas mais comuns de violações. Pesquisa realizada com profissionais de segurança cibernética, 53% disseram que suas organizações sofreram ataque de insiders no último ano. Os entrevistados se dividiram quanto à maior preocupação: erros acidentais, como phishing, ou seja, clicar em links maliciosos (51%) ou conduta mal-intencionada de funcionários (47%).

Fusões e Aquisições

Ao adquirir uma empresa, as organizações também herdam suas vulnerabilidades. E os prazos curtos na maioria dos acordos muitas vezes desafiam a capacidade da companhia adquirente de analisar o perfil de segurança cibernética da organização alvo. Os peritos forenses computacionais relatam uma tendência de ataques no período entre o anúncio e o fechamento do negócio. Elaborar um plano é essencial para enfrentar esse desafio.

Regulamentação

No Brasil, o cenário para crimes cibernéticos muda radicalmente com a sanção da Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais nº13.709/2018, que entrará em vigor em 2020 e pode gerar multas de até 2% do faturamento com valor máximo de 50 milhões de reais, dependendo do grau e tipo da violação. Uma nova análise de risco financeiro e gerenciamento de risco precisa ser feita com urgência pelas empresas para se adaptar às mudanças. 

Diretorias

A ampliação do risco pessoal e empresarial na supervisão da segurança cibernética aumentou a responsabilidade para diretores e executivos, inclusive, perante as autoridades regulatórias. Acionistas têm processado diretores em alguns casos de violações de dados de alto nível. Ações coletivas provavelmente aumentarão, especialmente se houver quedas significativas do valor acionário.

LGPD 2020

sua empresa está preparada para a nova legislação?

A nova norma que regula a privacidade já é um marco importante na defesa dos direitos das pessoas. Seus pontos são relevantes e devem ser observados com cuidado para que possíveis impactos negativos para sua empresa sejam minimizados.

A aplicação da lei começará em 2020. A preparação, contudo, não deve ficar para a última hora, sendo importante se ajustar para oferecer segurança aos clientes desde já. Se uma empresa é punida pela LGPD, ela perde a confiança de seus clientes e prejudica a capacidade de atrair novos. Ainda, a falta de diligência na interação com a lei pode resultar em efetiva perda de dinheiro. O acompanhamento de uma corporação
parceira é fundamental
Além de ajudá-lo a se conectar com parceiros estratégicos, a Aon é um parceiro valioso no que tange à transferência de riscos por meio das apólices de riscos cibernéticos e outros seguros correlatos, podendo ajudar a companhia desde a colocação do risco até um momento de sinistro. A apólice de riscos cibernéticos consegue endereçar diversas sanções que são trazidas pela LGPD e pode integrar o plano de resposta ao incidente da companhia, a fim de torná-lo mais eficiente.

Falar com um especialista
prevenir

O processo de cotação do seguro cibernético integra uma importante etapa de quantificação de riscos. Te ajudamos aentender e quantificar os riscos.

proteger

Após mensurar seus riscos a apólice de riscos cibernéticos pode integrar seu rol de proteções Nossa equipe lhe ajudará a encontrar a cobertura que melhor lhe compete.

responder

Com o risco mapeado e as soluções instaladas, é preciso garantir uma resposta eficiente. O seguro cibernético garante suporte e diminuição dos custos atrelados a resposta ao incidente desde o início até eventual processo por responsabilidade civil

Não podemos ter medo de continuar evoluindo

Fale com a Aon

Nossos especialistas estão prontos para ouvi-los e conversar sobre os Riscos Cibernéticos
e as possíveis soluções que o mercado de seguros pode oferecer.

A Aon e outras empresas do grupo usarão suas informações pessoais para contatá-lo eventualmente sobre produtos, serviços e eventos que acreditamos ser de seu interesse. Toda informação coletada é usada de acordo com nossa Política de Privacidade.

Ao preencher os dados, você autoriza expressamente a Aon a coletar, usar, armazenar, transferir e processar seus dados pessoais conforme previsto em tal Política de Privacidade. Por favor assinale este campo caso NÃO deseje receber estes comunicados.